PAREDE

PAREDE
Natal

quinta-feira, 23 de maio de 2013

CASA DE VIDRO - LINA BO BARDI

Em maio de 2011, postei aqui no Joaquina a famosa Casa de Vidro
projeto de Lina Bo Bardi, um marco na arquitetura de   São Paulo,
construída em 1951 para residência dela e Pietro Maria Bardi,    no
distante bairro  do Morumbi. Nem sei se tinha esse nome na época .
Hoje funciona ali, o Instituto Lina Bo e J.M.Bardi, criado em 1990 ,
com um acervo inestimável de obras de arte, móveis,   documentos,
e objetos do casal, alem de 17.000 fotografias e 7.500 desenhos de
Lina.  Um deleite para quem aprecia arte, arquitetura  e design. Uau!
As imagens aqui, são do site Eye4design, que fala da importância do  
marco arquitetônico que representa esta casa. A postagem anterior ,
foi extraída de uma reportagem do Estado de São Paulo em    2011
que o Diário da Joaquina está reeditando abaixo . 
clique nas imagens para ampliá-las






A maquete do Masp e à direita em dourado,
o símbolo do 4º Centenário de São Paulo. Lindo!
 Olhe essa escada que maravilha!Uma escultura! Uau!


-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Aqui é uma postagem que fiz em Maio de 2011 via Estadão
clique nas imagens para ampliá-lasEsta é a famosa Casa de Vidro, assim chamada pelos seus vizinhos nos anos 50, data da sua construção num bairro ainda não tão habitado, o Morumbi, mas que já chamava atenção pela sua bela arquitetura e imponência .
O projeto e residência é de Lina Bo Bardi, arquiteta italiana que com seu marido Pietro desembarcaram no Brasil em 1946 e aqui ficaram e mudaram os rumos da cultura brasileira.

As cadeiras acima, Bows, desenho da própria LINA.

A casa está passando por uma total restauração cuja maior dificuldade foi extinguir os cupins que ocupavam 750m² de área construída dentro do terreno de 6.722m² de mata brasileira. Reconhecida como patrimônio histórico e arquitetônico - foi tombada em 1987 - o compromisso é deixá-la no mesmo estado como foi concebida.
Muitos especialistas veem nela o anúncio do ideário de arquitetura que Lina iria imprimir em seus projetos futuros, um deles o Museo de Arte de S.Paulo (MASP)
A cozinha que nos anos 50 não se conhecia assim com lava louças e incinerador de lixo.
Foto vista da casa como era o bairro do Morumbi, nenhuma edificação.Fonte: Estadão por Neide Felix

2 comentários:

Carla (Arroz de Minhoca) disse...

Bacana saber (eu pelo menos não sabia ainda) que a casa está a ser restaurada... admiro demais este belo casal por tudo o q trouxeram e fizeram de bom para a cultura no Brasil

Diário da Joaquina disse...

A matéria do Estadão é bem extensa sôbre o assunto. Já faz pelo menos 5 anos que ela está passando por reformas em tôda a sua extenção. Há nela muitas peças, livros e documentos do Pietro Maria Bardi, que estão sendo revistos tambem. Mal posso esperar para ela ficar pronta e a gente poder ver de perto tôda essa maravilha.